Esta página disponibiliza as classificações estatísticas nacionais, para temas selecionados, usadas no sistema estatístico e nos cadastros administrativos do País e as classificações internacionais a elas associadas.

A Classificação de Posição na Ocupação utilizada pelo IBGE nas pesquisas domiciliares tem como referência a Classificação Internacional de Posição na Ocupação (International Classification of Status in Employment-ICSE) da Organização Internacional do Trabalho-OIT.

A posição na ocupação é definida em função do contrato de trabalho que uma pessoa tenha feito, explícita ou implicitamente, com outras pessoas ou organizações. Os critérios básicos para definir os grupos da classificação são o tipo de risco econômico, que se entende como um elemento representativo do grau de ligação entre a pessoa e o trabalho, e o tipo de autoridade que aqueles que se incumbem de determinado trabalho têm sobre as unidades econômicas e outros trabalhadores. Alguns grupamentos da Classificação de Posição na Ocupação Nacional são os mesmos contidos na ICSE, outros diferem por não serem considerados adequados à realidade do País.

A Organização Internacional do Trabalho-OIT é responsável pela gestão e manutenção da Classificação Internacional de Posição na Ocupação, e o IBGE é responsável pela Classificação Nacional de Posição na Ocupação dela derivada usada nas pesquisas domiciliares.



© 2017 IBGE - Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística